Química, uma ciência desconhecida

O termo Química sempre assunta as pessoas, não por sua possível complexidade, mas por um emprego errado da palavra “Química“.

Química, muitas vezes é associada à coisas ruins. Algumas pessoas acreditam que existe química em produtos tóxicos, venenosos, explosivos e em drogas. Isso é uma verdade, pois a Química estuda os componentes dessas substâncias e também desenvolve novos compostos ou remedia os efeitos de tais produtos. No entanto, não é somente aí, que a Química se encontra.

Química é definida (no dicionário) como a Ciência que estuda a natureza, as propriedades e as transformações da matéria e das substâncias.

Se olharmos ao nosso redor, encontraremos um bom bocado de química em produtos e objetos corriqueiros do nosso cotidiano. A bateria do seu telefone celular, folhas de papel, água, escovas de dente, vidros, borrachas, plásticos, carne crua, frita ou cozida, verduras, frutas, tecidos, ar atmosférico, sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, metais, madeiras, sabões, detergentes, ou qualquer coisa que você possa ver e/ou sentir são exemplos de substâncias, ou objetos que possuem química.

Às vezes, em um supermercado, quando estamos no setor de frutas e verduras, não é difícil de encontrar bandejas de morangos vermelhos e lindos. Junto aos morangos, há sempre alguém que comenta: “Nossa! Esses morangos estão bonitos, lindos, mas é uma pena que eles estejam cheios de química“.  Bom, como já foi dito, frutas como o morango, ou qualquer outra, possuem química. No entanto, as pessoas acreditam que a única química que está no morango, tomate, pimentão e cenoura é o agrotóxico utilizado para afastar insetos e microrganismos que afetam o crescimento desses vegetais. Esse é um erro bastante grande, mas compreensivo, já que conceitos de química são transmitidos na Escola, mas nem sempre, os estudantes conseguem fazer relações entre o que se aprende em sala de aula e sua vida cotidiana.

Importância da Química

A Química é uma Ciência de grande importância para a sociedade. É conhecido que a química estuda de átomos e moléculas à complexos organismos, como o corpo humano e suas interações e relações, tais como a função dos carboidratos no metabolismo energético, a função estrutural e/ou de defesa das proteínas, ou a importância dos elementos químicos para a vida. A Química também estuda o desenvolvimento de novos materiais e o aperfeiçoamento ou novas aplicações dos materiais existentes, tais como plásticos e borrachas mais fáceis de se degradar no ambiente, novos combustíveis que poluem menos, estratégias e materiais para remediar problemas ambientais causados ou não pelo homem, como derramamentos de petróleo e seus derivados, percolação de ácidos e compostos orgânicos e/ou fosforados no solo para evitando que atinjam lençóis freáticos. Outra área importante da Química é aquela que busca novas aplicações para resíduos/rejeitos industriais, tais como subprodutos da indústria de (i) combustíveis, (ii) de alimentos, (iii) de mineração e (iv) petróleo.

Mesmo assim, com a grande inserção da Química em nossas vidas, há pessoas que dirá, “EU DETESTO QUÍMICA”! Normalmente, essas pessoas estarão se referindo ao conteúdo escolar de química, ou a maneira a qual esse conteúdo foi transmitido, ou ainda, se referindo a maneira com que a Ciência Química trata as substâncias e fenômenos.

Uma pessoa que detesta a Química e tudo o que ela abrange, estará detestando tudo que se vê e/ou se sente, além de algumas coisas que não se vê ou se sente.

É importante destacar que a QUÍMICA não é um produto, um objeto, mas sim, uma Ciência que estuda a matéria, fenômenos e suas transformações associadas.

Sendo radical, podemos dizer que conceitos de química estão entrelaçados em nossas vidas, desde o primeiro momento que acordamos até o instante em que acordamos no dia seguinte, quer gostemos ou não de Química. Para o nosso organismo se manter vivo, é necessário que nos alimentemos, e é graças a este alimento que conseguimos energia, sais minerais, vitaminas e proteínas para passar o dia. Se usamos um automóvel, há desenvolvimento químico nos materiais utilizados para a fabricação do automóvel, tais como borrachas, metais, plásticos e combustíveis. Até mesmo para ler esse texto você precisa de desenvolvimentos químicos, pois pode estar utilizando um computador, um celular, um tablet ou uma folha de papel com o texto impresso. Em todos esses objetos, há algum material que contém substâncias estudadas pela química. Até mesmo no ar que você respira há substâncias estudadas pela química, tais como o oxigênio, o nitrogênio, o dióxido de carbono e a água.

Seja em nosso planeta, ou em outro, você estará sempre envolvido com substâncias que são estudadas pela Química.

Embora a haja armas de destruição em massa que podem ser desenvolvidas com conhecimentos de química, tais como “as famosas” armas químicas, Sarin, gás mostarda, VX, Soman, ou armas nucleares, como bombas atômicas ou de hidrogênio, quando a química está interligada com a Física, a Química não deve ser vista como uma ciência ruim, pois é a partir de sua utilização que soluções para problemas ambientais, econômicos ou de saúde podem sair.

A química é uma ciência como a física ou a biologia, não é mais, nem menos do que essas outras ciências. E é o uso interdisciplinas dessas ciências que promove e poderá promover ainda mais a melhora da qualidade de vida do ser humano.

Escrito por: Miguel A. Medeiros
Revisado em: 07 de dezembro de 2015

Você pode se interessar por: