Sedimentação e Decantação

A sedimentação e decantação são processos de separação de misturas que utilizam a ação da força da gravidade. Tanto na sedimentação, quanto na decantação, o sistema (homogêneo e/ou heterogêneo) fica em repouso e o material particulado vai se depositando na parte inferior do recipiente, pela ação da gravidade.

Diferença entre sedimentação e decantação

Há uma pequena diferença entre sedimentação e decantação.

A sedimentação é o processo no qual há separação de fases pela ação da gravidade, quando a concentração das partículas na mistura é superior a 40% v/v. A precipitação do material por sedimentação é rápida. A sedimentação pode ocorrer em sistemas líquido + sólido e gás + sólido.

A decantação é o processo no qual há separação de fases pela ação da gravidade, quando a concentração das partículas é inferior a 40% v/v. A precipitação do material por decantação é mais lenta que a precipitação que ocorre na sedimentação. A decantação ocorre geralmente em meio líquido, podendo ser aplicada em sistema líquido + líquido e líquido + sólido.

 Sedimentação

A sedimentação serve para separar principalmente misturas de sólido + líquido e sólido + gás. Na sedimentação, o sistema fica em repouso e o material particulado vai se depositando na parte inferior, pela ação da gravidade. A sedimentação pode ocorrer em sistemas heterogêneos.

Para facilitar o entendimento, imagine uma situação simples, que é a adição de um pouco de areia em um copo de água, seguido de agitamento. Quando a agitação é interrompida, a mistura tende a um estado de equilíbrio, no qual o excesso de areia precipita rapidamente no fundo do copo, ocorrendo a sedimentação.

A sedimentação também ocorre em vários processos de preparo de alimentos e bebidas. Quando fazemos suco natural de maracujá, por exemplo, se for usado um liquidificador, após a agitação, se a mistura for deixada em repouso, imediatamente haverá a sedimentação das sementes da fruta, que são trituradas e precipitam no fundo do recipiente.

Decantação

Decantação é um método de separação de misturas, que consiste em esperar que os componentes de uma mistura se separem espontaneamente, pela ação da gravidade. Este método se aplica a misturas de sólido + líquido e líquido + líquido. A decantação é um processo de sedimentação mais lenta, que envolve partículas finamente particuladas ou líquidos com miscibilidades distintas.

‘A decantação é utilizada, por exemplo, para separar material particulado disperso em alguns vinhos, utilizando um decanter para vinho. No caso do vinho em um decanter, a bebida é deixada em repouso e após alguns minutos ou horas, há a separação de duas fases, uma fase sólida é precipitada no fundo do recipiente e outra fase líquida, superior ao sólido.

O vídeo disponível acima também exibe o processo de decantação, que é sequencial ao processo de sedimentação, no caso da adição de areia em água. No caso do vídeo exibido, a areia utilizada possui grãos de vários tamanhos, a maioria precipita imediatamente, por sedimentação. Já uma pequena parte, finamente particulada fica dispersa na solução, precipitando ao longo do tempo.

Veja um exemplo de decantação em: http://quiprocura.net/wordpress/2015/06/29/metodos-de-separacao-de-misturas/
_______________________

Escrito por: Miguel A. Medeiros
Publicado em: 04 de abril de 2016

Você pode se interessar por: